Sistema de controle de acesso: como funciona e como escolher a melhor solução

O sistema de controle de acesso é uma preocupação essencial para qualquer empresa. Afinal, é um dos pontos mais diretamente ligados à segurança, pois é responsável por ajudar a controlar e identificar quem entra e sai do ambiente em determinado momento. Principalmente nos casos das empresas que recebem um número significativo de terceirizados.

No entanto, apesar de importante, isso levanta uma grande questão: como funciona e como escolher o sistema de controle de acesso ideal? É necessário equilibrar fatores sobre sua funcionalidade com o custo benefício, para garantir a escolha perfeita.

Portanto, este artigo está aqui para te ajudar a entender essa questão. Quer saber como funciona e como escolher a melhor solução de sistema de controle de acesso na sua empresa? Continue lendo para saber!

 

O que é controle de acesso?

 

Você provavelmente já assistiu algum filme futurista onde o acesso aos ambientes é liberado por reconhecimento facial, biometria ou escaneamento de íris. Posto dessa forma, essas tecnologias parecem tão distantes, não é verdade? Não mais!

Hoje é muito comum chegar em uma empresa e se deparar com um sistema de acesso biométrico ou até mesmo reconhecimento de voz. Mas o que é controle de acesso e por que é tão importante?

Em suma, controle de acesso é qualquer sistema, mecanismo ou equipamento que limita o acesso a um determinado ambiente. O objetivo é garantir a segurança de dados, bens e pessoas nas empresas. Impedindo o acesso de pessoas não autorizadas aos locais.

 

O controle de acesso pode ser feito das seguintes maneiras:

 

  • Fisicamente, por profissionais treinados para exercer essa função;
  • Por equipamentos mecânicos ou eletrônicos que autorizem o acesso mediante cadastro no sistema;
  • Combinando as duas formas, em locais onde há necessidade de equipamentos e profissionais para gerenciar o acesso de pessoas.

 

No entanto, mesmo à distância, é possível autorizar o acesso para pessoas de diferentes níveis e perfis, bloquear remotamente pessoas não autorizadas e acessar informações atualizadas e de fácil entendimento sobre o fluxo de pessoas, por exemplo.

Além disso, você pode aumentar a segurança, o controle e o gerenciamento em tempo real do acesso de terceiros e funcionários à empresa, gerenciar e se comunicar com equipamentos de acesso.

Dessa forma, todos esses recursos estão vinculados a um bom sistema de controle de acesso e são essenciais para garantir a segurança das empresas e operações.

 

sistema de controle de acesso

 

Por que sua empresa precisa de controle de acesso?

 

Sua empresa precisa de controle de acesso se você tiver funcionários, fornecedores ou outros visitantes e quiser controlar o acesso deles a um determinado local, sala, área ou local ou limitar esse acesso a determinados horários ou dias.

Com um sistema de controle de acesso, pessoas autorizadas podem entrar em um local ou uma área específica em horários definidos. Sendo assim, pessoas não autorizadas têm acesso restrito.

Agora, vamos supor que você contratou um terceiro para realizar um serviço específico na sua empresa e ocorreu com incidente com o indivíduo. Sua preocupação seria saber se ele estava com todas as documentações corretas, certificados e se passou por treinamento adequado quando entrou na organização.

Mas este não estava com as documentações em dia, isso é uma falha muito comum nas empresas e acaba gerando passivos trabalhistas, uma vez que a responsabilidade é também da contratada.

Por esse motivo, além da segurança, é indispensável ter um sistema de controle de acesso robusto. Com a solução da wehandle, por exemplo, é possível cadastrar todas as informações necessárias do terceirizado. Nosso sistema alerta quando algum documento está desatualizado ou ausente.

Além disso, o acesso é feito por meio de reconhecimento facial ou QR code e possui integração com catracas. Afinal, é muito mais prático, rápido e seguro.

 

Tipos de controle de acesso

 

Atualmente, o mercado oferece diferentes opções para gerenciar o fluxo de pessoas. Mas para entender os melhores caminhos para cada negócio, é importante conhecer as tecnologias disponíveis. Os tipos de controle de acesso podem ser classificados como físicos e lógicos:

 

Controle de acesso físico

 

Este tipo de controle geralmente depende de um profissional, como segurança ou recepcionista. Consiste em uma barreira física como muros ou cercas e possui um ou mais pontos de entrada.

Dessa forma, as vias de acesso são controladas por meios mecânicos, como portões e cancelas, ou eletronicamente, como catracas.

Esse tipo de gerenciamento de acesso é amplamente visto em prédios comerciais e residenciais, salas, empresas, áreas internas e eventos.

 

Controle de acesso lógico

 

Por outro lado, o controle lógico utiliza a tecnologia para liberar o acesso aos ambientes. Seja por meio de reconhecimento facial, biometria digital, senha, ID de acesso, cartão de proximidade, reconhecimento de voz ou leitura de íris.

No caso do acesso de terceiros, é feito cadastro em um sistema e, automaticamente é verificado se as documentações estão todas em dia, e a partir de então, podem entrar e sair do ambiente sem a necessidade de autorização de outras pessoas.

Vale ressaltar que os métodos que utilizam senha e ID de acesso exigem comprometimento. Isso porque essas informações são pessoais e intransferíveis, no entanto, mais de uma pessoa pode usar o mesmo acesso, bastando ter os dados.

Quanto à segurança, o reconhecimento facial é considerado o mais confiável e é um dos métodos que usamos aqui na wehandle. Primeiro, porque garante a identidade do funcionário. Segundo, porque é prático. Não há necessidade de memorizar senhas, nem há etiquetas ou cartões perdidos.

 

Como funciona o controle de acesso?

 

Existem muitos sistemas de controle de acesso diferentes, mas antes de decidir qual é o certo para você, aqui estão as respostas para as perguntas mais frequentes. E lembre-se, seja qual for a sua escolha, o controle de acesso deve tornar sua empresa um local mais seguro.

Os sistemas de controle de acesso eletrônico têm várias funções que funcionam em conjunto para regular quem tem permissão para entrar em áreas da sua empresa. Essas etapas são essenciais para manter o ambiente seguro. Portanto, vamos revisar os princípios gerais de como o controle de acesso funciona.

 

Autorização

 

A autorização é o processo de registro de terceiros no sistema. Uma vez em seu sistema, esses indivíduos terão acesso à empresa de acordo com suas necessidades. A etapa de autorização também cria um perfil para cada pessoa, que você pode verificar em caso de auditoria.

 

Autenticação

 

Autenticação é quando os indivíduos fornecem credenciais para obter acesso à empresa. Nesse caso, as credenciais de autenticação incluem dispositivos móveis, crachás, cartões, identificação biométrica, leitores de porta e reconhecimento facial.

 

Acesso

 

Por fim, quando o sistema reconhece as credenciais de uma pessoa com equipamentos como leitores biométricos, o indivíduo recebe acesso. As portas ou catracas são destrancadas  e as pessoas podem entrar em áreas onde têm a autorização apropriada.

 

Tipos de tecnologias de controle de acesso

 

São diversas tecnologias que, combinadas, protegem ambientes, informações e pessoas. Listamos os mais utilizados para fazer esse controle, analisando o nível de segurança de cada um. Confira a seguir:

 

QR Code

 

A tecnologia de QR code tem sido muito utilizada ultimamente devido à sua facilidade. É possível utilizar o QR Code tanto impresso quanto digital (no celular, tablet, computador), o que proporciona praticidade e mobilidade aos usuários.

 

QR code e controle de acesso

 

Biometria digital 3D

 

Leitores biométricos de impressão digital são frequentemente usados para acessar ambientes de média e alta segurança. As taxas de falha são baixas e reduzem significativamente a fraude.

Atualmente, as tecnologias de biometria 3D já estão disponíveis no mercado a um custo acessível. Ao contrário da biometria comum, o 3D evita o uso de dedos de silicone e acaba com as fraudes cadastrais.

 

scanner facial

 

Código de barras

 

É uma forma de controle de acesso de baixo custo, pois não requer grandes recursos tecnológicos para leitura. O problema aqui é que ele pode ser facilmente falsificado. Essa tecnologia geralmente existe em ambientes que precisam monitorar o acesso, mas não exigem um alto nível de segurança.

 

Leitura biométrica da mão

 

Essa tecnologia lê as características geométricas da palma da mão, como comprimento, largura, posição das articulações, entre outras. Geralmente utilizados em aplicações de alto nível, evitam fraudes na identificação de pessoas.

 

Reconhecimento facial

 

O reconhecimento facial é uma tecnologia que se destaca das demais. Permite a identificação do indivíduo próximo ao equipamento ou mesmo à distância, no caso do uso de câmeras de vigilância.

A partir da câmera, ele usa algoritmos sofisticados para detectar inúmeros pontos de diferentes características faciais: olhos, contorno dos olhos, sobrancelhas, contorno dos lábios e ponta do nariz. As informações são comparadas com as fotos do banco de imagens. O reconhecimento é independente das expressões faciais.

Além disso, em situações em que a higienização dos ambientes precisa ser redobrada, como no caso da pandemia do COVID-19, ter opções de acesso que não exijam contato é uma forma de garantir a segurança dos colaboradores. Além disso, é muito mais prático do que um cartão ou crachá (que podem ser perdidos).

 

reconhecimento facial e controle de acesso

 

RFID

 

Devido ao seu processo de fabricação, esta tecnologia apresenta baixo índice de falsificações e falhas. A leitura é feita por radiofrequência, o que dificulta o desgaste e o atrito. Destaca-se por ser uma das tecnologias mais econômicas. O RFID pode ser utilizado em crachás ou como etiquetas descartáveis, no caso de acesso temporário, como visitantes, por exemplo.

 

Cartão de Proximidade Mifare

 

O Mifare é um cartão que funciona com um pequeno chip de memória interna e uma antena interna. Sua tecnologia permite que o cartão seja lido através de um campo magnético a uma distância de até 10 cm.

Além disso, essa tecnologia possui muitos aplicativos, ótimo desempenho de leitura e é robusta. Por possuir criptografia segura, dificulta o acesso aos dados que armazena. Por isso, torna a cópia extremamente difícil.

 

Leitura da íris

 

Por último, esta é outra tecnologia focada nas características únicas de cada pessoa. Essa tecnologia reconhece diferentes padrões apresentados pela íris para identificar pessoas. Oferece maior segurança e confiabilidade e um baixo registro de falhas de leitura.

Geralmente é visto em locais de acesso restrito e que exigem alto grau de segurança. É especialmente utilizado em áreas de finanças e organizações governamentais, por exemplo.

 

leitura da íris

 

Como escolher o sistema de controle de acesso ideal para o seu negócio?

 

O primeiro passo para escolher o sistema de controle de acesso ideal é entender o que sua empresa precisa. Claro que o foco está na segurança, mas conhecer a rotina ajuda a encontrar a opção ideal.

Por exemplo, a empresa é muito grande? Qual o número de funcionários? Sua circulação durante o dia está alta? Recebe terceirizados com frequência?

A função primordial do controle de acesso é garantir o fluxo de pessoas dentro da empresa, o que significa que deve acompanhar sua necessidade.

 

Saiba mais sobre a melhor solução de controle de acesso

 

Você precisa gerenciar o acesso de fornecedores? Depois de decidir sobre suas necessidades de segurança, escolher o sistema de controle de acesso correto é fundamental para desenvolver um protocolo de segurança funcional.

Como você viu, existem muitas tecnologias disponíveis no mercado. Mas para identificar a melhor opção para sua empresa, é preciso avaliar as reais necessidades e motivos para investir em um sistema desse tipo.

A wehandle oferece uma solução tecnológica de controle de acesso que permite gerenciar e controlar o acesso de terceiros em um só lugar. Nosso sistema possui integração com catracas que são liberadas através de reconhecimento facial e QR code.

Além disso, o acesso de terceiros somente é permitido caso o fornecedor esteja com todas as documentações atualizadas e corretas. Dessa forma, garantimos maior segurança e tranquilidade para a sua empresa.

Fale com um de nossos especialistas. Nossa equipe terá prazer em falar com você para responder a quaisquer dúvidas que você possa ter.

Gostou desse artigo? Deixe seu comentário.

 

wehandle

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Materiais Gratuítos

Confira nossos materiais gratuitos disponíveis para te ajudar na gestão de terceiros.

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba nossos conteúdos exclusivos em seu e-mail

Quer se tornar um especialista.

Cadastre-se e receba todos os nossos conteúdos por e-mail