Gestão de Riscos e Compliance: qual a relação entre eles?

gestão de riscos e compliance

Você conhece a relação entre Gestão de Riscos e Compliance? Esses termos passaram a ser utilizados com frequência no mundo corporativo, devido à sua relação com a implementação de métodos anticorrupção. No entanto, não é tão conhecido como deveria ser na sua totalidade, principalmente no que diz respeito à gestão de riscos. Porém, compliance, em seu conceito mais amplo, está mais vinculado à implementação de boas práticas na gestão.

No entanto, existem muitos equívocos sobre Gestão de Riscos e Compliance. Ambos ajudam a prevenir ameaças em uma empresa. E muitas vezes, quando as pessoas ouvem esses termos, elas presumem que os dois são iguais. Por isso, é importante entender como eles diferem, a fim de garantir que cada um seja tratado da forma correta.

Neste artigo, vamos explicar de forma simples o que é Gestão de Riscos e Compliance, para que você possa entender de uma vez por todas. Também discutiremos quais são as vantagens e por que são tão importantes para uma empresa. Confira!

 

O que é Gestão de Riscos?

 

A gestão de riscos é o processo de identificação, avaliação e gestão de riscos corporativos potenciais que podem prejudicar a reputação e os lucros da empresa. Esses riscos vêm de uma variedade de fontes, como responsabilidades legais, questões relacionadas ao operacional, incerteza financeira e muitas outras.

Além disso, a gestão de riscos envolve a presunção de planos para aumentar a conscientização sobre ameaças potenciais e como evitá-las. Essencialmente, a gestão de riscos permite que as empresas se preparem para o inesperado, minimizando os problemas antes que eles ocorram.

A gestão de riscos não trata apenas de prevenir problemas, é também sobre o impacto positivo que um gerenciamento de risco pode ter em uma empresa. Um processo de gestão de riscos eficaz ajudará a identificar quais riscos representam a maior ameaça para uma organização e fornecerá diretrizes para lidar com eles.

Existem diversos riscos que uma empresa pode enfrentar, vamos citar alguns:

 

  • Riscos estratégicos: por exemplo, de um concorrente entrando no mercado, cenário político;
  • Compliance: por exemplo, introdução de novas regras ou legislação, perda de documentação, etc;
  • Financeiro: aumento da taxa de juros, endividamento, cliente inadimplente
  • Operacional: quebra ou roubo de equipamentos importantes, ou toda ação que possa gerar retrabalho para sua equipe;
  • Ambientais: como desastres naturais;
  • Cibernéticos: como ciber ataques e fraudes virtuais;
  • No ambiente de trabalho: como ruídos, temperaturas extremas, substâncias tóxicas, etc;
  • Trabalhistas: prejuízos com multas e processos trabalhistas.

 

O que é Compliance?

 

A palavra “compliance” vem do verbo inglês “to comply”, que significa agir de acordo com algo ou um conjunto de regras. No ambiente corporativo, o Compliance está relacionado à conformidade ou à integridade corporativa. Ou seja, significa estar de acordo com as regras e leis que devem ser cuidadosamente observadas e cumpridas.

Compliance se refere ao ato de obedecer a um conjunto de padrões, regulamentos ou requisitos. Existem dois tipos principais de compliance, a corporativa e a regulatória. Tanto o compliance corporativo quanto regulatório consistem em uma estrutura de regras, regulamentos e práticas a serem seguidas.

O compliance regulatório se aplica às regras, regulamentações e práticas que uma organização implementa para conformidade. De acordo com a Pesquisa de Maturidade do Compliance no Brasil realizada pela KPMG, 85% das empresas consideram o compliance um grande desafio e afirmam que um dos maiores desafios é identificar, avaliar e continuar o monitoramento.

 

gestão de riscos e compliance

 

Vantagens da Gestão de Riscos e Compliance

 

Depois de entender o que é gestão de riscos e compliance nas empresas, é fundamental saber quais as vantagens que eles podem trazer para uma organização, entenda:

 

Cria uma boa reputação para a empresa

 

Realizar o compliance nas empresas não apenas garante que você evite implicações financeiras e jurídicas, mas também cria confiança e credibilidade entre seus funcionários e outras partes interessadas e pode até mesmo melhorar a reputação da marca se você optar por cumprir regulamentos voluntários, como alguns relacionados ao meio ambiente sustentabilidade, como implementar práticas ESG, por exemplo.

Como regra geral, construir uma imagem pública de boa reputação é uma forma de promover o seu negócio com sucesso. Se a empresa tiver problemas devido à não conformidade, o público em geral pode duvidar da credibilidade. Lembre-se de que a confiança e a lealdade do cliente são tudo para qualquer negócio.

 

positivo ou negativo

 

Evita responsabilidades legais

 

Nenhuma empresa gostaria de entrar em grandes disputas judiciais. Além do fato de que responsabilidades legais podem ser um grande problemas para a reputação da empresa, também podem ser uma perda financeira instantânea. Estar em conformidade com a lei envolve não apenas aprender a legislação essencial aplicável ao seu negócio, mas também aplicá-la a todo custo.

Um programa de compliance registra as perdas materiais e exposições à sua organização que a não conformidade pode causar, incluindo penalidades legais, multas, perdas financeiras e perda de reputação.

Além disso, o compliance corporativo também ajuda seus funcionários a agirem com responsabilidade. Um programa eficaz ensina seus funcionários a se tratarem bem no trabalho, a promover um alto nível de profissionalismo e a defender os valores corporativos dentro e fora do local de trabalho.

 

Aumenta a produtividade da empresa

 

Garantir a implementação do compliance na empresa cria um ambiente de trabalho positivo e uma cultura saudável. Os funcionários desejam um local de trabalho onde se sintam protegidos e bem cuidados. Isso só pode ser alcançado se a empresa tiver um modelo claro. Além disso, esse modelo pode ser um conjunto de diretrizes ou políticas que garantem justiça e segurança aos funcionários e clientes. 

 

aumento de produtividade

 

Qual é a importância da Gestão de Riscos?

 

Agora que você conhece os benefícios da gestão de riscos, veja quais razões torna ela tão importante:

 

Aumenta a vantagem competitiva

 

Uma empresa que adota a gestão de riscos, tende a estar alguns passos à frente das que não o fazem. Essa vantagem competitiva será reconhecida pelo mercado. Por outro lado, empresas que ignoram isso estão expostas a problemas que podem comprometer a continuidade.

 

Minimiza as chances de crise

 

A melhor forma de evitar que uma empresa não apareça no noticiário de forma negativa é evitar problemas causados ​​por má conduta ou desvios éticos no processo. E é exatamente isso que a gestão de riscos propõe.

 

Reduz as perdas

 

A gestão de riscos não só aumenta a eficiência dos recursos utilizados, mas também reduz as perdas em processos abaixo do esperado, o que auxilia na gestão financeira do negócio.

A saúde da empresa está fortemente ligada à adoção de sólidas práticas de compliance e gestão de riscos. Tais medidas favorecem muito o equilíbrio do negócio e permitem que ele se desenvolva e prospere.

 

Como funciona o Compliance na Gestão de Riscos?

 

Primeiro, a gestão de risco é um método usado para monitorar e lidar com as flutuações em um negócio. Esta atividade envolve a observação, planejamento e organização dos diferentes setores da empresa, como financeiro e recursos humanos. Afinal, as incertezas dão origem à criação de riscos e oportunidades, estando a gestão do risco atrelada à criação e preservação do valor do negócio.

Nesse sentido, a gestão de riscos e compliance promove o controle das operações e propõe a regulamentação das atividades, buscando sempre adequar a empresa às exigências da lei. A prioridade deve ser transparência, padronização de processos e otimização de recursos financeiros.

 

Um pode existir sem o outro?

 

Uma empresa não pode ter gestão de risco sem também ter compliance. A incapacidade de cumprir as regulamentações pode resultar em danos à reputação, ações judiciais, perdas financeiras ou ações coercitivas, tornando-se crucial incorporá-las ao seu negócio.

Portanto, um bom plano de gestão de riscos determina recursos para planos e procedimentos de compliance e garante que os riscos gerais e de conformidade sejam gerenciados continuamente. Em última análise, as organizações podem evitar as dores de cabeça de lidar com problemas de inconformidade simplesmente investindo em um plano de gestão de risco robusto.

 

Então, o que a Gestão de Riscos e o Compliance significam para a empresa?

 

É essencial para qualquer empresa certificar-se de que todas as operações sigam as leis, regulamentações e padrões. Afinal, um departamento dedicado à gestão de riscos pode ajudar a identificar riscos potenciais e criar um programa de compliance. À medida que você busca atingir o mais alto nível de conformidade, certifique-se de revisar e atualizar regularmente as políticas internas, treinar exaustivamente a equipe e conduzir avaliações de risco e auditorias.

A gestão de riscos e o compliance precisam trabalhar em conjunto para garantir que as empresas estejam cumprindo os regulamentos necessários e se preparando para a ação no caso de uma situação complicada. Sendo assim, apesar da relação entre compliance e gestão de riscos, a tecnologia certa pode servir aos objetivos duplos da gestão de terceiros devido a sua finalidade: automatizar e simplificar tarefas que geralmente são burocráticas, ao mesmo tempo que serve como uma ferramenta analítica crucial para mitigar riscos e garantir o compliance.

Por fim, com a plataforma da wehandle, você pode rastrear continuamente a conformidade com as regulamentações e detectar possíveis problemas que precisam ser resolvidos. O software possibilita uma análise de riscos aprofundada, para que você possa conhecer os riscos que seu parceiro está proporcionando. Além disso, analisamos e validamos todos os documentos trabalhistas e financeiros antes da contratação. Dessa forma, garantimos que a sua empresa esteja sempre em conformidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Materiais Gratuítos

Confira nossos materiais gratuitos disponíveis para te ajudar na gestão de terceiros.

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba nossos conteúdos exclusivos em seu e-mail

Quer se tornar um especialista.

Cadastre-se e receba todos os nossos conteúdos por e-mail